O jogo entre Brasil e Suíça foi bem mais complicado do que estava esperando o torcedor brasileiro, mas no fim das contas o placar magro de 1 a 0 foi suficiente para garantir a seleção brasileira como o segundo classificado para as oitavas de final da Copa do Mundo do Catar.

Antes da bola rolar todos sabiam de uma coisa, não é fácil marcar gol na seleção da Suíça, e realmente não foi nada fácil, mesmo com toda a dificuldade Casemiro conseguiu marcar o gol da partida, que aconteceu no estádio 974, em Doha, no Catar.

A vitória magra já foi o suficiente para garantir o Brasil na próxima fase da Copa do Mundo de 2022, resta apenas saber se vai terminar em primeiro ou segundo no Grupo H. Enquanto isso, Suíça, Camarões e Sérvia brigam pela vaga restante.

A partida contra a Suíça foi mais complicada do que a estreia contra a Sérvia, a seleção brasileira teve dificuldades de furar a dura defesa, conseguindo marcar o gol da vitória apenas aos 37 minutos do segundo tempo, com um belo chute de Casemiro. A equipe comandada por Tite segue com 100% de aproveitamento após duas rodadas da Copa do Mundo no Catar.

A seleção brasileira, enfim, venceu a Suíça em uma Copa do Mundo. Nas outras duas vezes que as equipes tinham se enfrentado, ficaram no empate. No Mundial passado, na Rússia, as equipes ficaram no 1 a 1.

 

brasil

 

Como foi a partida entre Brasil x Suíça

 

Primeiro tempo

 

No primeiro tempo da partida entre Brasil e Suíça, vimos um jogo muito amarrado, os dois lados não apresentaram um bom futebol, por consequência foram muito pouco efetivos no ataque.

A opção na ausência de Neymar, foi Paquetá jogando mais adiantado, e o camisa 7 chegou a fazer bons passes, mas sem dar muito trabalho para o goleiro. A melhor oportunidade no primeiro tempo saiu dos pés de Vinícius Júnior que acabou não pegando em cheio na bola, por isso o gol não saiu. A Suíça, que durante boa parte da primeira etapa teve mais posse de bola, fez apenas uma finalização.

 

Segundo tempo

 

Na volta do intervalo, Rodrygo entrou no lugar de Paquetá, mas ainda assim o desempenho não era bom. A seleção brasileira errou muito na saída de bola, e o goleiro Alisson quase se complicou em algumas jogadas, pelo ataque as jogadas também não eram tão efetivas.

Um jogador que fez a diferença foi o Vini Jr., ele chegou a abrir o placar num contra-ataque rápido, mas havia impedimento no lance. Coube a Casemiro, em um lance trabalhado com Vini e Rodrygo, seus ex-companheiros de Real Madrid, acertar um belo chute e decretar a vitória brasileira no estádio 974.

 

Força na defesa

 

Em 78 jogos com Tite no comando, o Brasil não sofreu gols em 54 partidas, o que equivale a 69% dos duelos. Contra a Suíça, nenhuma das cinco finalizações do adversário chegou no gol: duas foram erradas e as outras três, bloqueadas.

 

Quem pode ser o adversário do Brasil nas oitavas de final?

 

Agora o Brasil precisa focar em conseguir segurar o primeiro lugar do Grupo G, na próxima sexta-feira enfrenta Camarões e um empate já é o suficiente. Caso termine como está, a seleção brasileira enfrenta o segundo colocado do Grupo H, que no momento é a seleção de Gana, que tem três pontos.

 

Próximos jogos

 

O Brasil é o líder do Grupo G, com seis pontos em seis possíveis. A Suíça ainda está na segunda posição, com três, seguida por Camarões e Sérvia, ambos com um ponto. Na próxima sexta-feira, os dois jogos da chave acontecem às 16h: a seleção brasileira enfrenta Camarões no estádio Lusail, enquanto Suíça e Sérvia duelam no estádio 974.

Clique aqui e saiba mais…

Leia Mais ...

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site. Ao clicar em ACEITAR, você concorda com o nosso Termo de Uso e Política de Privacidade.